Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, BELA VISTA, Homem, Arte e cultura, Cinema e vídeo



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


 
 
A Mídia Gay


Fotos da Parada GLBT de São Paulo

Pessoal, criei um fotoblog para colocar as fotos da parada. Todas as fotos foram tiradas pelo meu amigo Bruno e além de poder conferir o talento do rapaz nessas fotos vocês podem também acessar o álbum de fotos dele clicando aqui.

Link do fotoblog: Fotos da Parada 2004



Escrito por Binho às 15h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Parada Gay SP

Em um dos primeiros textos que escrevi neste blog, disse que não concordava com a parada gay, mas não falei por quê. Também mencionei que nunca tinha ido à parada. Bom, no último domingo participei da 8ª Parada Gay de São Paulo e tenho que confessar que gostei do que vi.

O que me desagradava antes era imaginar que a parada não ajudava em nada a mudar a imagem que a sociedade tem dos gays e que era apenas um desfile de pessoas querendo aparecer.

Ainda acho que a parada não possui um papel muito importante quando o que se quer é derrubar preconceitos, o que mudou foi constatar que a grande maioria das pessoas com as quais cruzei (gays ou não) parecia estar ali somente para demonstrar seu apoio aos gays e afins. Não estou sendo ingênuo, é claro que havia milhares de pessoas com propósitos diferentes.

Talvez tenha sido o frio o responsável pelo clima de fraternidade que parecia existir. Confusões existiram, mas devido à grande quantidade de pessoas (deixaremos os números pra lá) até que tudo estava bem calmo.

Mas vamos aos velhos problemas: a parada é quase que totalmente desprovida de causas sociais, a única intenção dos organizadores parece ser a de juntar milhões de pessoas para dançar e mostrar para a sociedade que somos muitos. Isso muita gente já sabe, mas e os nossos direitos? Será que a sociedade conseguirá assimilar a idéia de que estamos ali porque queremos igualdade se ficarmos todos dançando, pulando ou andando sem dizer nada? Meia dúzia de faixas nos primeiros carros e alguns discursos adiantam? Existem tantas maneiras de fazermos algo sem perder o clima de festa.

E o tema da parada "Temos Família e Orgulho"? Quem compareceu pôde conferir a quantidade de crianças e idosos presentes. Isso é magnífico, mostrar às crianças que somos iguais e aos idosos que podemos fazer parte do núcleo familiar. O único problema é que muitas pessoas e os donos dos carros de som não os respeitam. Aí surge o que um amigo chamou de "boate a céu aberto". Os carros de som cheios de go go boys - lá vem eles, mas alguém pagou para eles estarem ali, certo? - gays, travestis e afins seminus andando no meio de todo mundo e crianças vendo tudo aquilo com uma expressão de curiosidade e, às vezes, estranhamento. Será que essas pessoas pensam como isso é interpretado pelas crianças?

Não é caretice ou moralismo pensar nisso, basta pensar no ato e nas conseqüências. No caso dos idosos, acredito que ver travestis seminus ou go go boys tirando a sunga e rebolando não seja tão problemático, normalmente quando chega na terceira idade a maioria já viu muitas coisas parecidas. Mas se o tema da parada é família e orgulho onde esta mensagem aparece? Somente em um cartaz ou faixa? Por que quase não há contestação e por que as empresas que pregam seus logotipos nos carros de som estão ali somente para vender uma marca? Vender a marca é totalmente compreensível, mas será que a propaganda não poderia vir junto com ação social? Não seria legal se uma boate ou site fizesse algo pelos gays além de somente lucrar em cima deles? Poderia ser algo do tipo "olha, nós nos preocupamos com seu bem-estar e aproveitando não deixe de comparecer e trazer seus amigos à nossa boate e blá, blá, blá".

Vamos esperar que os organizadores vejam que o que realmente importa para os gays e afins é ter respeito da sociedade e sermos tratados com igualdade e não apenas carros de som enfeitados com balões e bandeiras do arco-íris.

O melhor de tudo isso é que apesar de todos os pesares, muitas pessoas sensatas conseguiram, de um modo que não consigo explicar bem, seja com uma atitude positiva ou um ato corajoso - levar os pais e avós, por exemplo - fazer da parada um evento que mais beneficia do que prejudica os homossexuais. Portanto, para mim, o sucesso da parada se deve às pessoas que compareceram anonimamente e transmitiram todo seu apoio a uma causa sem se importar com a politicagem grotesca - política risível e briga de vaidade - que envolve a parada.

PS: Fui à parada com o Bruno, meu amigo fotógrafo, ele tirou muitas fotos para eu publicar, mas estou com problemas técnicos e não consigo postá-las. Assim que eu conseguir, publico as fotos exclusivas.



Escrito por Binho às 22h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]